A próstata é um orgão pequeno, presente apenas no sexo masculino, tem o formato de uma noz, localiza-se na pelve, abaixo da bexiga e envolve a porção inicial da uretra. A uretra é uma estrutura tubular pela qual a urina, armazenada na bexiga, é eliminada.

. A próstata é dividida, anatomicamente, em 03 áreas distintas. A zona periférica, que representa 70% do volume da próstata do adulto jovem, a zona central representando 25% e zona transicional com 5%. A hiperplasia prostática benigna(HPB) origina-se, exclusivamente, na zona transicional.

HPB é o tumor benigno mais comum do homem, e está diretamente relacionado a idade. Não existem outros fatores comprovadamente associados. Ela está presente em 20% dos homens com idade entre 40 e 50 anos; em 50% dos homens entre 50 e 60 anos e em mais de 90% daqueles com idade acima de 80 anos. Os sintomas urinários relacionados a HPB são decorrentes da obstrução da uretra. A queixa mais comum é a diminuição progressiva do calibre do jato urinário, outros sintomas obstrutivos são o esforço miccional, sensação de esvaziamento incompleto da bexiga, jato urinário intermitente e gotejamento terminal. A bexiga apresenta alterações na sua musculatura, decorrentes do processo obstrutivo crônico, os sintomas daí advindos são caracterizados como irritativos. Os mais frequentes são o aumento da frequência urinária, noctúria (levar-se a noite para urinar), urgência miccional e incontinência.

O diagnóstico da HPB é realizado com a avaliação clínica do urologista, exame físico com toque retal e exames laboratoriais e de imagem (ultrassonografia). O tratamento pode ser clínico com uso de medicamentos que facilitam a passagem da urina pela próstata e/ou diminuem seu volume. Outra opção é o tratamento cirúrgico que consiste na retirada da porção crescida da próstata (HPB), desobstruindo mecanicamente o canal uretral. O tratamento cirúrgico pode ser realizado via endoscópica (a mais usual), através de uma incisão convencional (laparotomia), da laparoscopia e da laparoscopia assitida por robô. E aqui, novamente, a avaliação do médico urologista é fundamental para esclarecimento e definição da melhor conduta a ser tomada.

O Dr. Mário Soto Júnior está a sua disposição no consultório, oferecendo aos pacientes e seus familiares, toda a atenção necessária, sua experiência profissional e os recursos tecnológicos mais atuais. Aguardamos seu contato.